?

Log in

           &n… - Cesar Calderaro http://lattes.cnpq.br/185733309256 [entries|archive|friends|userinfo]
Cesar Calderaro http://lattes.cnpq.br/185733309256

[ website | My Blog Space ( Um jornal sem expressão ) ]
[ userinfo | livejournal userinfo ]
[ archive | journal archive ]

[May. 8th, 2008|08:46 am]
Cesar Calderaro http://lattes.cnpq.br/185733309256
                   Uma das várias coisas que eu consegui aprender com um colega de trabalho nas muitas conversas de almoço que tivemos é dar uma diferenciação muito grande entre dois conceitos muito utilizados pelos administradores modernos.: “Equipe alinhada” de “equipe acomodada”. Eu não consigo entender de onde vem a idéia de que se uma equipe está alinhada, dando resultados e está comprometida com o desenvolvimento e sucesso da empresa pode ser chamada de equipe “acomodada”. Na cabeça de alguns administradores, se não há problemas e nem pressão a equipe “se acomoda”, então a técnica histérica utilizada é: “vamos pressionar que pressionando e cobrando a equipe “rende mais”. Trabalhar em um ambiente onde não haja estresse não convém para este tipo de liderança que só se impõe pela autoridade creditada ao cargo. Pelo contrário, esta serenidade, calmaria e falta de estresse amedronta, desafia e contraria os pré conceitos adquiridos nas cadeiras de grandes universidades. O problema maior é quando a cobrança passa para a falta de respeito, onde o administrador impõe sua “pseudo” autoridade de gerencia a um grupo de pessoas em função de uma cobrança que até pode ser fruto da própria ignorância, e pior, de maneira descontrolada e rude. Cegamente segue-se uma cartilha aprendida em uma escola de administração dizendo que onde não há estresse há acomodação. Nestes casos as equipes que estão dentro de uma organização que já têm uma certa maturidade e em conseqüência uma certa “maneira menos estressante de trabalhar” incomoda de algum modo o conceito adquirido ( erroneamente ) em sala de aula .Pela sua moral e estratégia de planejamento , uma equipe que trabalha com uma liderança firme na qual não há conflitos de interesses e muito menos estresse, não necessariamente é uma “equipe acomodada”. A motivação para desenvolverem novos produtos, novos processos e , por vezes, trabalharem em tempos mais curtos deve advir de um desafio e não de uma cobrança exagerada por resultados superficiais. Não digo que não possa existir em alguma empresa , equipes de pessoas “acomodadas” que preferem o “deixar de fazer” ao “vamos ajudar, vamos nos motivar” Cabe ao administrador a capacidade intelectual , moral e experimental para saber separar o “joio” do “trigo” sem se utilizar de técnicas militares , autocráticas e estressantes desesperadas por resultados imediatistas mas que, pelo contrário, causam paúra e desmotivação não só sobre estas equipes em pauta mas também sobre outras equipes.
Com isto não seria aceitável a idéia de que em “time que se ganha não se mexe”, diria que a questão poderia der : “ Time que se ganha precisa de bons reforços para ganhar mais”, desde que o jogador não seja um “Edmundo” ou um “Gerson”.

Não confundir equipe alinhada com equipe acomodada. Não confundir empregados que trabalham muito bem juntos com “panelinha” e também não avaliar empregados pelo que ouviu alguém falar deles.
Seja um  Administrador.
LinkReply